No Norte, o Ministério da Saúde vai formar especialistas para cenários de emergência.

Nesta segunda-feira (6), o Ministério da Saúde inaugurou um programa na região Norte do Brasil com o objetivo de escolher trabalhadores da saúde para capacitação em situações de urgência e emergência.

A SOS de Ponta possui 1.514 vagas para médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e fisioterapeutas, com foco no atendimento ao paciente.

O programa recebeu mais de R$ 40 milhões em financiamento, e a expectativa é que 10.500 pessoas sejam ensinadas em todo o Brasil.

A ação estratégica foi estabelecida no final de 2021 para melhorar o atendimento de emergência em todo o país.

Ventilação mecânica e suporte básico de vida, vida cardiovascular avançada, vida pediátrica avançada, trauma pré-hospitalar e trauma avançado serão cobertos.

Segundo Vincius Azevedo, diretor do Departamento de Gestão do Trabalho em Saúde, um dos principais objetivos do SOS de Ponta é reduzir a mortalidade em larga escala

A maior usina do mundo

Click Here